Osteoporose

A osteoporose pode ser definida como osso poroso e é uma doença que se caracteriza pela baixa densidade do esqueleto, resultante da perda gradual e contínua do cálcio. É menos comum no homens do que em mulheres, principalmente em pessoas idosas. 
Para prevenir a doença é fundamental  uma alimentação rica em cálcio. O cálcio pode ser obtido de laticínios (leite desnatado, iogurtes e queijos magros), verduras verde-escuras como brócolis, couve, espinafre e escarola ou por suplementação medicamentosa prescrita pelo médico.
Outro ponto fundamental  são os exercícios físicos, que ajudam a regular e fortalecer a musculatura. O exercício promove o fortalecimento muscular, além de melhorar o equilíbrio, os reflexos e a marcha, reduzindo os riscos de quedas  em aproximadamente 25%.
A vitamina D, formada na pele pela ação dos raios solares ou obtida através dos alimentos (leite e seus derivados, óleo de fígado de bacalhau, peixes e camarões) é a responsável pela absorção do cálcio que ocorre no intestino. Assim o ideal é incluir 15 minutos de banho de sol  (até 10h da manhã e após 17h) em sua rotina diária.

Alimentos x Quantidade de Cálcio

Leite de vaca pasteurizado 1 copo (200 ml) = 246 mg de Cálcio;
Queijo prato 15 gramas (uma fatia fina) = 126 mg de Cálcio;
Iogurte 1 pote (200 mg) = 240 mg de Cálcio;
Espinafre 100 gramas = 79 mg de Cálcio;
Folhas de abóbora 100 gramas = 477 mg de Cálcio;
Sardinha 30 gramas (uma porção pequena) = 86 mg de Cálcio.